Grupo MSF

Conheça as quatro décadas de experiência do Grupo MSF, o seu desenvolvimento e os principais marcos históricos da sua actividade

1969
1970
1971
1981
1985
1986
1989
1992
1993
1994
1997
1998
1999
2001
2002
2003
2004
2005
2007
2009
2010
2011
2012
2013
2014
2015
1969

Cisão da Sociedade de Empreitadas Moniz da Maia e Vaz Guedes, S.A.R.L. dando origem à Moniz da Maia, Serra & Fortunato – Empreiteiros, S.A.R.L, actualmente MSF Engenharia, S.A. e início da construção da Barragem do Fratel, a primeira obra do Grupo MSF.

1970

Primeira obra adjudicada à Empresa: Barragem da Valeira.

1971

Início da construção dos Edifícios “Palma” e “Laranjeiras”, representando a entrada do Grupo no sector do Imobiliário.

1981

Aquisição de 50% do capital social da SONACA – Sociedade Nacional de Canalizações, S.A.; Aquisição de 52% do capital social da Neocivil – Sociedade de Construções Civis e Industriais, S.A., actualmente detida a 100% pelo Grupo MSF.

1985

Participação como fundador na constituição do Banco Comercial Português, com uma posição accionista correspondente a 10% do seu capital social.

1986

Participação como accionista fundador da Nacional Factoring e Companhias de Seguros Ocidental, com posições correspondentes a 8% dos respectivos capitais sociais.

1989

Na sequência da privatização do Banco Totta e Açores, a que concorre, participa na holding de controlo Valores Ibéricos, SGPS S.A. com uma posição de 15,25% do capital social.

1992

Participação na fundação da Plêiade – Investimentos e Participações SGPS S.A. com uma posição accionista de 30%. Esta holding detinha participações em projectos nacionais e internacionais de relevo, entre os quais a Marina de Lagos; MSF Engenharia é considera a melhor empresa do ano no sector da construção pela edição “500 Melhores e Maiores 1992” da Revista Exame.

1993

Atribuição do Óscar para o “Melhor Empreendimento Imobiliário do ano”, pela Revista Imobiliária, referente ao projecto “Pateo Bagatella”, que vem posteriormente a conquistar o Prémio Valmor atribuído pela Câmara Municipal de Lisboa em 1997.

1994

Conclusão da obra “Marina de Lagos”. Comemoração do 25º Aniversário do Grupo MSF.

1997

Início do processo de internacionalização; Alteração da denominação social da “Neocivil” para “Neocivil – Construções do Algarve, S.A., transferindo a sua sede social para a cidade de Lagos, Algarve. Atribuição à Marina de Lagos, concessionada pela “Marlagos”, o “Euromarina Anchor Award”, pela Associação Europeia de Portos de Recreio. 

1998

Constituição da MSF – Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A., holding do grupo; Adjudicação do primeiro contrato internacional: Ampliação da placa de estacionamento de aviões e extensão da pista do Aeroporto do Sal, em Cabo Verde; Assinatura do contrato de Concessãoentre o Governo Português e a Concessionária – Auto-estradas do Atlântico S.A. participada da MSF, que marca a entrada do Grupo no sector das Concessões de Infra-estruturas. 

1999

Constituição da CDP-SI – Consultoria em Organização e Sistemas de Informação, S.A.

2001

MSF Engenharia obtém a certificação na Qualidade, com a norma“NP EN ISO 9002:1995 _ Certificado n.º 001/01” pela CERTICON. Constituída a sociedade de direito polaco “MSF Polska, Sp.z.o.o.”, com sede em Varsóvia.

2002

Constituídas a “MSF Bulgária OOD”, com sede em Sófia e a “MSF Cabo Verde, S.A.”, com sede no Mindelo, com capitais detidos a 100% pelo Grupo MSF; Entrada em funcionamento pleno da primeira concessão de auto-estradas atribuída ao Grupo – Auto-estradas do Atlântico.

2003

Atribuição, pela CERTICON, do certificado de conformidade do Sistema de Qualidade da MSF Engenharia com a norma Internacional NP EN ISSO 9001:2000; Aquisição de uma participação no capital do BIG - Banco de Investimento Global, S.A.

2004

Inauguração das novas instalações centrais da MSF Engenharia na OTA, que incluem armazéns, oficinas e parque de máquinas.

2005

Reorganização da estrutura das participações do Grupo e constituição da MSF TUR.IM, SGPS, S.A. e da MSF Concessões, SGPS, S.A.

2007

Aquisição de uma participação de 50% no capital da Indubel – Indústrias de Betão, S.A.; MSF Engenharia obtem certificação nas áreas da Segurança e Ambiente, com as normas“NP 4397 (OHSAS 18001:1999) - Certificado n.º 055/07” e “NP ENISO 14001:2004 - Certificado n.º 054/07”, ambas pela CERTICON.

2009

40º aniversário da fundação do Grupo; Inauguração da nova Sede nas Natura Towers, em Lisboa; Alteração da denominação da MSF - Moniz da Maia, Serra & Fortunato - Empreiteiros, S.A para MSF Engenharia, SA.; Lançada a nova identidade visual do Grupo; Atribuída à Indubel, pela SGS, a certificação do sistema de gestão da qualidade de acordo com a Norma ISSO 9001, respeitante à pré-fabricação, principal área de actuação desta empresa.

2010

Atribuição de diversos galardões a participadas do Grupo: 5 estrelas do IMCI à  Marina de Lagos e, às Natura Towers, o Certificado de Desempenho Energético e da Qualidade do Ar interior com a Classe A+, atribuído pela ADENE, Certificado de Projecto de Inovação Iberoeka ECO2, do CYTED, Óscares 2010 de Melhor Edifício de Escritórios e o Mais Eficiente do Ponto de Vista Energético (Revista Imobiliária), Prémio de Eficiência Energética e Construção Sustentável (SIL), e Prémio “Boas Práticas da Iniciativa Sustentabilidade +” (Rock in Rio / CML).

2011

As Natura Towers foram distinguidas pela Comissão Europeia com o prémio Annual GreenBuilding Award 2011 - “Melhor novo edifício europeu do ano”. A MSF Engenharia abre a sua sucursal no Gabão.

2012

Na área do Turismo e Imobiliário, o campo de Golfe do Royal Óbidos Spa & Golf Resort abre ao público e o Centro Náutico de Algés e a Columbia Hospitality International iniciam a sua actividade. O início do ano marca também a expansão da actividade do Grupo para o Médio Oriente, com a criação da participada MSF Construction Qatar.

2013

Reorganização da estrutura da MSF Engenharia, com a criação de pólos regionais internacionais, para englobar os países onde a empresa já está presente ou nos quais pretende iniciar actividade; Alienação da participação financeira no Banco BiG.

2014

Abertura do Evolutee Hotel, no Royal Óbidos Spa & Golf Resort. Boutique hotel de 5 estrelas, dotado do Elemental Spa, Kobe Steak & Sushi Restaurant e centro de conferências,  tem arquitectura de interiores e decoração do yoo Studio, de Philippe Starck e John Hitchcox, dois nomes incontornáveis do design internacional.

2015
O Royal Óbidos Spa & Golf Resort foi distinguido como “2016 European Golf Resort of the Year” pela IAGTO (International Association of Golf Tour Operators) e como melhor campo de golfe em Portugal 2015 nos World Golf Awards.